A Samurai e a beleza da imperfeição

Existe um conceito na cultura japonesa chamado Wabi Sabi, que significa, em linhas gerais, a beleza da imperfeição. Os japoneses apreciam o incompleto, o único, as marcas deixadas pela passagem do tempo, o que faz daquele objeto único e dá a ele valor.

Acredito que a busca pela perfeição tende a enlouquecer qualquer pessoa. Eu, como artista, passo horas refletindo sobre como melhorar meu trabalho, como transmitir a minha mensagem da melhor forma possível. Quando as coisas não saem como eu espero, a tendência é que eu me frustre na hora. Eis uma forma pouco saudável da busca pela perfeição.

Eu amo a HQ A Samurai do jeito que ela é. Foi um trabalho que nasceu da união do trabalho de 11 pessoas e apenas existe no mundo dessa forma pela combinação do esforço de todos. A publicação é fruto de todos os nossos erros e acertos, tudo o que aprendemos durante o processo. Por isso, considero-a um trabalho wabi sabi: porque vejo no resultado a beleza da nossa imperfeita caminhada.

Deixe uma resposta